VIII CONGRESSO FERIDAS COMPLEXAS 2017

VIII CONGRESSO INTERNACIONAL - GESTÃO DE FERIDAS COMPLEXAS
Lisboa | Portugal - 30 e 31 de Março de 2017
Auditório do Metro do Alto dos Moinhos




jmv
   
   

NOTA IMPORTANTE
Dada a elevada procura, esgotámos a lotação do Auditório, pelo que não podemos aceitar mais inscrições.
Gratos pela compreensão
A Comissão Organizadora

PÓSTERES ACEITES

ENQUADRAMENTO
A pele é o maior órgão do corpo humano cuja função é comprometida pela ocorrência de feridas.
O tratamento de feridas constitui uma fração considerável dos gastos em saúde sendo o desenvolvimento de novos métodos de tratamento alvo de grande interesse para os profissionais de saúde, para os cidadãos e gestores de saúde.
O progresso e o resultado do processo de cicatrização de uma ferida dependem de vários fatores entre eles a severidade e a extensão da destruição do tecido, o tipo de ferida, as condições de saúde e a idade da pessoa. Mas depende também e muito de uma avaliação científica e da utilização adequada da terapia, baseada na evidência disponível.
Este VIII Congresso Internacional de Gestão de Feridas Complexas tem a finalidade de nos disponibilizar diferentes comunicações científicas e técnicas da maior relevância que serão um contributo forte para nos manter atualizados.

30 DE MARÇO DE 2017

8h.30 - Abertura do secretariado e entrega de documentação
CICLO DE CONFERÊNCIAS
Moderador/ Comentador: Carlos Mateus, ELCOS
9.15-9.40 – FIDELIDADE DO REGISTO: A FOTOGRAFIA DIGITAL – TEORIA OU RECURSO? - Enfº Nuno Correia, GAIF
9.45-10.10 - LINFEDEMA MEMBROS INFERIORES: ABORDAGEM INICIAL E MANUTENÇÃO - Annekke Andriessen, L&R – Overpharma | Comentador – Carlos Mateus, ELCOS
10.15-10:45 - Intervalo

10:50-11.15 - ECONOMIA NA SAÚDE: CUSTO-EFECTIVIDADE NA PREVENÇÃO DAS UPP - Javier Gil, Market Access, Clinical & HE, Molnlycke Healthcare
11.20-11.45 –  TERAPIA LARVAR EM PORTUGAL - Carmen Ferreira, Queenlabs, Especialidades Farmacêuticas, Lda.
11.50-12.15 – MATERIAL DE PENSO COMO DISPOSITIVO DE TERAPIA DE PRESSÃO NEGATIVA - Carlos Testas – CHLC
12.20-12.45 – INOVAÇÃO NA TERAPIA DE PRESSÃO NEGATIVA - Helena Rodrigues, Smith& Nephew
12.45-14.00 – Almoço livre

14.10-14.30 - CASOS CLÍNICOS DE TRATAMENTO COM MEL MANUKA - Ana Almeida, CHLN (H. Sta. Maria)
14.35-15.00 - ESTUDOS DE CASO - ÚLCERA DE PERNA COMPLEXA - Vitor Santos, FERIDASAU

15.05-15.35 - CONVERSA: DICAS PRÁTICAS - MATERIAL DE PENSO NO MERCADO NACIONAL - Elsa Menoita, FERIDASAU , Rita Cigarro, H. S João de Deus M. o Novo 
15.35-16.05 - Intervalo
16.10-17.30 - MESA REDONDA: QUANDO AS FERIDAS AGUDAS SE TORNAM COMPLEXAS - Moderador: Elga Rafael, ESEL
FERIDAS CIRÚRGICAS COMPLEXAS - Ester Malcato, CHLN
QUEIMADURAS COMPLEXAS E CONTEXTOS CLÍNICOS COMPLEXOS - António Simões – CHLN
FÍSTULAS E OSTOMIAS COMPLICADAS - Ana Rita Batista – CHLN
17.35 - Apresentação de Posteres e comunicações Orais

31 DE MARÇO DE 2017

09.00-10.45 - MESA REDONDA: ÚLCERAS DE PERNA: SABER AVALIAR E INTERVIR - Moderador: Rita Marques, Grupo Cicatriz
ÚLCERA PERNA: DA ETIOLOGIA E CRONICIDADE - Cristina Resende, Dermatologista, Hospital de Braga
CASOS CLÍNICO COM TERAPIA LARVAR - Ana Almeida, CHLN (H. Sta. Maria)
CASOS CLÍNICOS COM FACTORES DE CRESCIMENTO - Dermaexel
BANDAS NEUROMUSCULARES E TERAPIA COMPRESSIVA - Carlos Cancela, ELCOS
PODEM AS FERIDAS CICATRIZAR COM BIOFILME? -
Elsa Menoita –FERIDASAU
10.45-11.15 – Intervalo

11.20-12.50 - MESA REDONDA: ÚLCERAS DE PERNA: SABER AVALIAR E INTERVIR - Moderador: Verónica Coutinho, ESEnfC
PREVENÇÃO EM POPULAÇÕES ESPECIAIS - APTF
SCALE E ÚLCERAS DE KENNEDDY - Rita Cigarro, H. S João de Deus M. Novo
12.50-14.15 - Almoço livre

CICLO DE CONFERÊNCIAS
14.15-14.40 – O TRATAMENTO DA DOR NA PESSOA COM FERIDA COMPLEXA: É COMPLEXO? - Paulo Pina
14.45-15.15  – INFECÇÕES DA PELE E TECIDOS MOLES - Rui Garcia, Médico, CHL Leiria
15.20-15.50 – DOENÇA PILONIDAl - Inês Ferrer Sales - Médica Cirurgia Geral, CHL Leiria

16.00 – Sessão de encerramento e entrega de prémios


REGULAMENTO DE COMUNICAÇÕES ORAIS/POSTERS

Os posters/comunicações orais devem ser originais e versar a área temática do Encontro: Tratamento de Feridas e Prevenção e Tratamento de UPP;
Aceitam-se trabalhos de reflexão, pesquisa bibliográfica, estudos de investigação, projectos de intervenção;
Podem ser elaborados individualmente ou em grupo, tendo o grupo o máximo 5 elementos;
Os autores e co-autores devem estar todos inscritos no Encontro à data da recepção dos resumos, caso contrário os trabalhos não serão aceites;
Os candidatos admitidos serão informados por correio electrónico.

Os resumos devem conter:
Entre 400 a 600 palavras, dactilografadas em letra Arial, tamanho 12 e espaço simples;
O nome completo do (s) autor (es) e a morada, contacto telefónico e correio electrónico de um do (s) autor (es);
Título em letras maiúsculas e sem abreviaturas; os autores e co-autores perfazendo o máximo de 4 (referindo o prelector); introdução; objectivos; desenvolvimento; metodologia; conclusão e referências bibliográficas;
Os resumos das comunicações orais devem especificar os recursos previstos para a apresentação;
Devem ser enviados até ao dia 28 de Fevereiro de 2017 por correio electrónico para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Requisitos dos posters:
O texto deve ser visível a 1,5 metros de distância;
Conter preferencialmente figuras, fotografias e gráficos;
As dimensões devem ser no máximo 80/100 cm (na vertical);
Conter referências bibliográficas.
MODELO DE RESUMO - enviar por email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Apresentação oral dos posters seleccionados:
A apresentação não pode exceder os 5 minutos sendo efectuada apenas por um dos autores, cuja identificação deve ser indicada no resumo.
Os pósteres impressos devem ser entregues no secretariado no dia 30 de Março durante o período da manhã e levantados no dia 31 a partir das 13 horas.

Requisitos das comunicações orais:
A apresentação das comunicações orais não pode exceder 10 minutos, sendo efectuada apenas por um dos autores, cuja identificação deve ser indicada no resumo.
Ao prelector será passado o certificado e aos restantes elementos do grupo será atribuído certificado de co-autor.
MODELO DE RESUMO - enviar por email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


A avaliação dos posters/ comunicações orais será feita por um júri atendendo aos seguintes critérios:
Concordância com o regulamento;
Relevância do conteúdo científico;
A adequação da metodologia utilizada;
Resultados obtidos e contributos para a comunidade.

Incentivos:
Serão certificados todos os posters / comunicações orais;
Será atribuído prémio ao poster / comunicação oral classificado/a em 1º lugar;
Será atribuída menção honrosa ao poster / comunicação classificado/a no 2º e 3º lugar;
Os prémios dos trabalhos premiados só podem ser atribuídos aos autores que estejam presentes.


LOCALIZAÇÃO

O Auditório é na Estação Alto dos Moinhos (Linha Azul) do Metropolitano de Lisboa,  sita à Rua João de Freitas Branco, sob o Viaduto da Av. Lusíada.

A entrada faz-se pelo átrio da estação Alto dos Moinhos.

Coordenadas GPS: 38.749599, -9.179967