Pós-Graduação em Gestão de Feridas Complexas: Uma abordagem de boas práticas (Lx)

Datas:  16, 23 e 30 de Setembro | 14, 21 e 28 de Outubro | 11, 18 e 25 de Novembro | 16 de Dezembro de 2017 | 6, 13 e 27 de Janeiro | 3, 10 e 24 de Fevereiro | 10 e 17 de Março de 2018

 

JUSTIFICAÇÃO

Ao longo dos últimos 20 anos houve um incremento nos avanços científicos na área da avaliação e tratamento das feridas. Contudo, as ilações dos estudos realizados em feridas agudas foram durante muito tempo extrapoladas para as feridas complexas. Actualmente tem havido uma aposta nos conhecimentos da biologia das feridas complexas, na sua avaliação criteriosa, nas orientações de prevenção e de tratamento baseadas em Guidelines Internacionais, e na criação e aplicação das medidas terapêuticas mais adequadas.
Esta Pós-graduação tem como propósito a divulgação de planos preventivos e de tratamento, tendo em consideração a complexidade e especificidade das feridas complexas, constituindo um suporte no processo de tomada de decisão para a prática baseada na evidência. Pretende, concomitantemente, a uniformização de procedimentos e da linguagem, atribuindo os mesmos significados aos mesmos significantes. Deste modo, e tendo em conta o custo-efectividade das intervenções de uma equipa multidisciplinar em trabalho interdisciplinar, estar-se-à a contribuir para a melhoria do bem-estar das pessoas com ferida complexa, traduzindo-se no impacto da sua Qualidade de Vida e nos indicadores em indicadores de resultado sensíveis aos cuidados de enfermagem.
Sabendo que são os enfermeiros os principais actores no processo terapêutico destas situações, desenhamos esta Pós-graduação a pensar no desenvolvimento de conhecimentos e capacidades para os tornar experts nesta área tão importante para a saúde das pessoas.

Objectivos

No final do curso de pós-graduação “Gestão de Feridas Crónicas – Uma Abordagem de Boas Práticas” os formandos deverão demonstrar competências relativas à avaliação, intervenção e investigação em prevenção e tratamento, tendo em conta a complexidade e especificidade das feridas crónicas, de modo:

A cuidar da pessoa com ferida crónica em diferentes contextos da prestação de cuidados;

A intervir com a pessoa, família e/ou comunidade na prevenção e no tratamento das feridas crónicas, de modo a constitui-la como parceira de cuidados, capacitando-a para a gestão da situação;

A desenvolver um discurso científico e um agir ético para com a pessoa com ferida crónica;

A desenvolver uma análise reflexiva das práticas como estratégia de aprendizagem;

A assumir o papel de consultor nas equipas multiprofissionais.

 

PROGRAMA

Estrutura Curricular 

O curso de Pós-Graduação "Gestão de Feridas Complexas – Uma Abordagem de Boas Práticas" é composto por 6 unidades curriculares, sendo elas:
Unidade Curricular I
Da avaliação à intervenção – Boas práticas para a recuperação tecidular das feridas complexas
Unidade Curricular II
Abordagem de feridas complexas: das queimaduras às feridas malignas
Unidade Curricular III
Complexidade e especificidade das feridas complexas: Abordagem diferencial entre Úlceras de Pressão, quebras cutâneas e dermatites associadas à incontinência
Unidade Curricular IV
Complexidade e especificidade das feridas complexas: Úlceras de Perna
Unidade Curricular V
Complexidade e especificidade das feridas complexas: Pé Diabético
Unidade Curricular VI
Estomaterapia de Eliminação

 

Unidades Curriculares

 

 

Teóricas, Teórico-Práticas e Práticas

Workshop

Orientação tutorial

Total

Unidade curricular I

Da avaliação à intervenção - Boas práticas para a recuperação tecidular das feridas Complexas

46

4

- Suturas

- Desbridamento

 

50

Unidade curricular II

Abordagem de feridas complexas:

Das queimaduras, às Feridas Malignas

8

 

 

8

Unidade curricular III

Especificidade e Abordagem de feridas complexas: Abordagem diferencial entre Úlceras de Pressão, quebras cutâneas e dermatites associadas à incontinência

22

2

 

24

Unidade curricular IV

Especificidade e Abordagem de feridas complexas:

Uperna

24

16

 

40

Unidade curricular V

Especificidade e Abordagem de feridas complexas:

Pé Diabético

8

4

 

12

Unidade curricular VI

Estomaterapia

4

4

 

8

Total

142

 

 

DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA E CIENTIFICA:
Enf.ª Elsa Menoita
Enfº Vitor Santos

Convidados
Enfª Ana Rita Cigarro
Enfª Ana Santos
Enfª Claudia Gomes
Enfº Nuno Dias
Enfº Ricardo Paço

Enfermeira Elsa Menoita
Enfermeira do Hospital Curry Cabral;
Pós-graduada em Gestão Integrada nos Serviços de Saúde;
Mestre em Gestão Avançada de Recursos Humanos;
Especialista em Enfermagem de Reabilitação;
Coordenadora do Grupo de Trabalho de Úlceras de Pressão (GTUP) do Hospital Curry Cabral;
Coordenadora do grupo FERIDASAU;
Conselho Cientifico Revista Sinais Vitais

Enfermeiro Vítor Santos
Enfermeiro do Centro Hospitalar do Oeste Norte (CHON);
Especialista em Enfermagem Médico Cirúrgica
Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica
Coordenador do Grupo de Formação em Feridas do CHON;
Coordenador do Grupo FERIDASAU;
Conselho Cientifico Revista Sinais Vitais;
Colaborador UI&DE - Grupo de trabalho Prática baseada na Evidência

 

 

CONDIÇÕES

Condições de Candidatura:
-Preenchimento de ficha de candidatura
-Comprovativo do Certificado ou Diploma do Curso de Licenciatura em Enfermagem
- Síntese curricular (modelo europass ou similar).
- Pagamento de taxa de 25 euros, por transferência bancária, cheque ou vale postal.

Podem concorrer os candidatos que satisfaçam cumulativamente as seguintes condições:
Ser detentor do título profissional de Enfermeiro;
Ser titular do grau de Licenciado em Enfermagem ou Equivalente legal.

Candidaturas:
Através de internet, resultados da selecção disponíveis em www.sinaisvitais.pt

Critérios de selecção por ordem de prioridade:
- Documentação referida nas condições de candidatura em ordem
- Ordem de chegada à Formasau (carimbo do correio ou data do e-mail)
- Apreciação da síntese curricular.

Matricula e Propinas: 25€ de taxa de candidatura + 50€ de matrícula e a propina única de 1000€ ou 4 pagamentos de 300€, sendo o primeiro feito no primeiro dia de formação.
Duração: 344h (144 horas de sala de aula + 200 horas de trabalho do formando)
Horário: das 09 às 13h e das 14h às 17:30h – Sábados
Local: Escola Profissional Gustave Eiffel