New item
DAE
dgert
ordem

Índice do artigo

 

QUAL O ANGULO  DE ELEVAÇÃO DA CABECEIRA DO TCE:  0º;15º; 30º;45º;OU MAIS?/ENFERMAGEM BASEADA NA EVIDENCIA

 

AUTORA: Enf. Fernanda Borges 

INTRODUÇÃO:
A prática baseada na evidência é vista como uma forma de prestar um cuidado de saúde eficaz, sendo considerada vital no actual ambiente dos cuidados de saúde .
O basear do cuidado de saúde em evidências sólidas é visto como uma das formas através das quais a gestão clínica se pode revestir de sucesso ( NHS EXECUTIVE, 1999) [1].
Parece evidente que tal evidência se deva transmitir nos artigos científicos.
“ ainda não esta clara a posição em que se deve colocar estes doentes , até à pouco tempo elevava-se a cabeceira com objectivo de manter a drenagem venosa e assim diminuir a PIC, mas recentemente Rosner demonstrou que se provocava uma descida da perfusão cerebral e uma vasodilatação em cascata , pelo que é aconselhado manter o doente plano(0º) e com o pescoço alinhado para não afectar a drenagem venosa [2].  Na elaboração deste trabalho serão abordados os seguintes aspectos :
A- MONITORIZAÇÃO CEREBRAL
B-FISIOLOGIA DA CIRCULAÇÃO CEREBRAL
C-VOLUME SANGUINEO CEREBRAL
D-PIC(PRESSÃO INTRACRANIÂNA)
E-O EFEITO DO POSICIONAMENTO SOBRE A HEMODINÂMICA CEREBRAL E A PIC
F-ANÁLISE DOS ARTIGOS
Um dos principais conceitos actuais , é o de que, o dano neurológico, não resulta somente do impacto no momento em que se produz a (lesão primaria) , mas é  o resultado de outros eventos que ocorrem nas horas ou dias seguintes (lesão secundaria). Como a lesão primária não é evitável ( contusão hemorrágica, lesão axonal difusa, hemorragia subaracnoideia e hematomas cerebrais, subdurais e extradurais ), a nassa atenção deve incidir na prevenção das lesões secundárias (hipoxia, hipotensão, hipercapnia, anemia, hipertermia, e hipertensão intracraniana).
O objectivo no manuseio do doente com TCE é a prevenção da lesão secundária do cérebro.

...=...